A Arte de Enzo Iriarte

Enzo  Iriarte é tão talentoso  que tem arte até no sobrenome!

Um garoto gênial. Está com 19 anos  e já tem em seu currículo diversas campanhas e editorial para Vogue Espanha. Nasceu na Venezuela  mas foi ainda criança para Barcelona, onde mora até hoje e onde nosso ensaio aconteceu, final do ano passado.

Começou a  à fotografar  aos  16 anos de idade. Aprendeu tudo sozinho, assistindo a  tutoriais na internet e praticando. Atualmente  esta cursando duas universidades : Marketing e Direção  Comercial  e Publicidade e Relações Publicas.

Com essa vida corrida foi difícil encontrarmos um dia para o nosso trabalho. Enzo realmente não para, toca vários projetos, faz vários trabalhos. Ficamos em contato alguns meses até conseguirmos marcar uma data. E ainda assim, ele se auto classifica como um  fotografo insatisfeito. Mais sobre seu trabalho  www.enzophotographer.com

vibe: o ensaio anterior publicado aqui no site foi com o fotografo Damien Vignaux. Postei  uma foto no Instagram para divulgar o site e o Enzo curtiu e comentou na  minha foto: “Damien é um dos meus fotógrafos favoritos”  Eu nem imaginava! Agora  Damien está seguindo Enzo! E eu, super orgulhosa de já  ter fotografado com esses dois  talentos!

Tá ai, pra vocês!

 

enzo iriarte 1

” Respeito muito minhas lagrimas,

 Mas ainda mais minha risada,

    Inscrevo assim minhas palavras,

      Na voz de uma mulher sagrada

enzo iriarte 2

Vaca profana põe teus cornos,

 Afora e acima da manada,

 Vaca profana põe teus cornos,

 Afora e acima da manada 

  enzo iriarte 5

 Dona das  divinas tetas,

 Derrama o leite bom na minha cara 

E o leite mal na cara do caretas 

4a75

     Segue a ‘movida madrilena’,

      Também te mata Barcelona,

      Napoli, Pino, Pi, Paus, Punks

      Picassos movem- se por Londres

17a75

Bahia onipresentemente,

Rio e Belissimo Horizonte,

  Bahia onipresentemente,

Rio e Belissimo Horizonte

 

enzo iriarte 3

Vaca de divinas tetas,

La leche buena toda em mi garganta

La mala leche para los puretas  “

CAETANO VELOSO
Continue Reading

Uma vira-lata em Cape Town

vira lata em capetown 3As cidades  ainda não estão  totalmente acessíveis aos nossos bichinhos, mas, cada vez existem mais locais que aceitam animais, desde shoppings, farmácias, bancos, cafés e restaurantes, até praias, pousadas, hotéis, táxis e Uber. Eu e Nini estamos comprovando isso nessa nossa caminhada pelo mundo.

Mesmo antes da nossa chegada em Cape Town  já foi possível  notar a boa vontade das pessoas com os animais de estimação. Desde a pessoa que me ajudou com os tramites e documentações para a entrada da  Nini na África do Sul até a proprietária  da casa, onde aluguei um quarto durante o inicio da minha estadia na cidade.

Se hospedando com seu cachorro em Cape Town

Achei o quarto pela internet (você pode conferir os links no final da matéria) e durante as conversas com a proprietária  da casa, falei da Nini. Já tenho o discurso pronto e ele é sempre o mesmo:  – Eu tenho uma cachorra que viaja comigo. Ela é uma lady! Porte médio, educada, limpinha, não é de latir e é um doce, impossível não se apaixonar. Funcionou!  Mas a Nini é realmente tudo isso e mais um pouco! E essa cachorra é esperta gente! Parece que ela sabe de quem ela tem que “puxar o saco”.

vira lata em capetown 1
Lar é onde a NiNi está * Home is where NiNi is

Meu primeiro shooting em Cape Town e eu combinando com o fotografo  sobre horários  e local onde ele me buscaria para irmos bem cedo na praia fotografar e pegar o nascer do sol. Durante nossas conversas  por whatsapp  lancei o discurso da Nini pra ele e perguntei se podia levar-lá com a gente!  Ele gentilmente me respondeu : – Eu gosto de animais, mas não no meu carro :/  Imagina a minha cara de decepção!

No dia combinado o fotografo chegou pra me buscar, eu abri a porta de casa e a Nini foi direto na direção dele abanando o rabo,dando risadinha e sendo muito fofa,sendo muito Nini. Conclusão da história: a vira-lata maloqueira não só foi  como fotografou comigo e conquistou o coração de mais um.

vira lata em capetown 6
Nini modelando

 

Cheguei  à mudar  de casa e o xaveco sempre o mesmo! Alguns poucos proprietários  não aceitam animal de jeito nenhum. Mas, com boa vontade, a  gente encontra um lugar que aceite o nosso animalzinho. Em alguns sites é possível  ‘filtrar’  a sua busca, marcando *são permitidos animais de estimação ou pet friendly, alguns anunciantes já especificam se são ou não. E locais que não especificam, muitas vezes acabam aceitando. Tudo é uma questão de conversa  entra as partes. Até agora nenhum local cobrou valores adicionais por eu ter cachorro.

É assim com restaurantes, cafés, praias e parques, cada vez mais a própria população vem fazendo  suas próprias regras. Por exemplo, tem uma praia em Cape Town chamada Clifton, dividida em 4 setores e a Clifton 2 é a praia dos modelos e modelas (nunca vi tanta gente linda junta num só lugar) e lá cachorros não são permitidos, mas a própria população “legalizou”, então todos levam seus cachorros e os incomodados de plantão que se retirem!

Cachorros não são permitidos nos ônibus públicos. Táxis e Uber é questão de conversar. Dos quatro meses que passei em Cape Town, apenas dois motoristas do Uber não aceitaram a Nini.

E  assim, na base da tentativa, a gente vai aprendendo  e curtindo juntas, muito mais do que imaginávamos  quando nos jogamos nessa aventura.

vira lata em capetown 2
Llandudno * Pet friendly beach in Cape Town

 

image3
Rcaffe, Long Street

 

image2
Nini vem fazendo grandes amigos pelo mundo afora *** Nini is getting big friends around the world

 

image1 (1)
Pegando um por do sol em Clifton 2

Hospedagem Pet Friendly em Cape Town

Aqui  alguns sites onde encontrei hospedagem pet friendly durante a minha estadia na cidade:
www.airbnb.com / www.gumtree.com / www.property24.com/ www.booking.com 

Continue Reading

Meu Corpo, Minhas Regras – É mais sobre amor e liberdade

Meu Corpo, Minhas Regras 1

‘ Meu Corpo, minhas regras ’  é minha expressão artística. É mais sobre amor e liberdade do que sexo! Sobre criatividade, feminilidade,força, beleza e arte.Uma extensão de mim!

Tenho  orgulho do meu corpo, cheguei aos 35 anos com corpinho de 34 e meio.  rs Mas  meu corpo não caiu do céu: sou filha de ex atletas; por isso fui incentivada a praticar esportes desde criança. Fiz natação, patinação, capoeira, boxe, yoga entre outros.Nunca fiz ballet. Acho lindo, mas nunca levei jeito.

 Com  19 anos  tive  o meu  primeiro  despertar  em  relação  a   saúde  fisica  e mental. Já escutou aquela frase?  “Somos o que comemos” Pois é! Com isso mudei  alguns hábitos alimentares: troquei açúcar branco por escuro, arroz branco por integral etc. Foi nessa época que comecei a me interessar por cozinha vegetariana e macrobiótica. Hoje sou vegetariana pratico exercícios físicos diariamente. Meus esportes diários são corrida e musculação e em  cada fase da minha vida invento algo novo pra fazer, agora estou na fase bambolê!

Mas contei essa historia toda pra falar que aqui, no “Meu corpo, minhas regras”, vou postar e comentar alguns dos meus ensaios fotográficos, já que alguns serão produzidos especialmente para o SuperSimone.com.br.

Espero de alguma forma inspirar vocês, porque fotografar  e escrever, é o que realmente gosto de fazer.  E ter com quem compartilhar isso é a minha grande motivação!

 

ME  X   VIGNAUX

Jacqueline é alemã, recém casada com o francês Damien Vignaux. Meu Corpo, Minhas Regras 2
Os dois são fotógrafos e tocam juntos o Maison Vignaux, em Paris, na França. Um estudio de fotografia, filmes e animação. Nosso contato foi através do Instagram. Damien me convidou para o ensaio. Gosto do estilo dramático que ele tem de fotografar e aceitei o convite.

Jacqueline cuidou da produção e assistência do shooting e Damien me dirigiu e fotografou! O make up foi na raça mesmo. Apesar dos dois estarem de passagem por Capetown e eu já estar na cidade há 4 meses, eles me levaram numa prainha pequena e charmosa que eu ainda não conhecia chamada Cozy Beach, fica a 10 minutos de carro do centro de Cape Town. Fotografamos no por do sol, a luz estava linda, dourada, mas estava um frio da poha. A Nini foi junto,claro! Teve uma hora que o Damien sentou no chão pra me fotografar e a Nini sentou no colo dele. rs

 

O resultado tá ai! Espero que vocês gostem, porque eu gostei! Quem quiser conhecer um pouco mais do trabalho do Damien e da Jacque, tá aqui o site www.elroy.fr

Meu Corpo, Minhas Regras 3

Meu Corpo, Minhas Regras 3

notas sobre ela

meu corpo minhas regras 4

meu corpo minhas regras 5
MaisonVignaux_Simone_edit_21

notas sobre ela 2

 

Continue Reading

Viajando com seu Cachorro

Nini em Barcelona, Espanha

Antes de começar a falar desta,que talvez esteja sendo uma das maiores experiencias da minha vida, que é viajar com a minha melhor amiga, minha vira-lata Nini, vou contar um pouco da história dela pra vocês!

O nome que demos a ela quando a adotamos foi Menina, que acabou virando Nini. Como ela foi achada na rua, não conheci seus pais, mas acredito que, ou a mãe ou o pai dela sejam da raça Border Collie, porque ela tem algumas características de Collie, como a ponta do rabo branca,parecendo um pincel sujo de tinta! Mas essa herança genética não faz da Nini menos vira-lata. Muito pelo contrario, Nini tem pedigree de vira-lata. Ela é daquelas que fuça e come lixo, bebe agua da poça e da risadinha. Mas a especialidade dela é cagar nos lugares mais inusitados, como em porta de restaurante ou  loja chique! Gente, uma vez a Nini parou pra cagar no meio da faixa de pedestre, atravessando a avenida.rs

A Giani  Cardoso, que hoje é a Dinda da Nini achou ela no bairro da Pompéia, na cidade de Santos, em pleno carnaval. Dia 01 de março de 2013. A Giani postou no facebook e uma amiga em comum, Julia Bobrow, que já sabia do meu interesse em uma adoção me marcou no post! A Nini preenchia todos os requisitos do dog que eu queria adotar: femea, já mais crescidinha e vira-lata.  Mal vi a foto da Nini fui busca-lá. Cheguei ao edifício e ela estava no petshop; uma vizinha tinha presenteado ela com banho e ração. Ahhh, detalhe, ela se chamava Cindy. A Dinda Giani deu esse nome quando achou. Gente, quando eu cheguei no petshop eu olhei pra ela e achei ela feia (ô dó) Mas é verdade, pq se você reparar bem ela é toda erradinha. Uma orelha levanta e a outra não, as patas tem cores diferentes e as das frente são meio tortas e pra completar, nesse dia que conheci Nini, ela tava enfeitada com bindis na cara e colar de carnaval…haha
Bom, hoje a Nini tem mais que um lar, ela tem mãe, pai, dinda e até passaporte da União Européia tá meu bem?

 

Viajando com Seu Cachorro 1
Dia que adotamos a Nini

 

Viajando com Seu Cachorro 2
Passaporte da Nini

Viajando com seu Cachorro

Pode ser até clichê, mas uma das filosofias da minha vida é : “Quem quer faz, quem não quer arruma desculpa”. Viajar com cachorro não é a coisa mais fácil do mundo mas está longe de ser impossível.

Tudo que você vai precisar é se programar com antecedência e se informar mto bem quais são as regras do País de destino.Mas mesmo as regras mudando, existe o abecedário, o básico que todos que viajam pela primeira vez para o exterior terão que aprender e fazer. Ahh, vai ter despesas e o valor também depende de cada pais.

Ter um veterinário de confiança e disposto a te ajudar vai facilitar sua vida. O Dr. Renato Saibum, veterinário da Nini foi quem me auxiliou  em nossa primeira viagem internacional. Eu e Nini viajamos pela primeira vez de São Paulo à Barcelona, Espanha.

Viajando com Seu Cachorro 3 - Certificado de Microchipagem
Certificado de microchipagem

O primeiro passo é colocar o micro chip no seu pet e fazer o certificado de microchipagem (foto) feito isso, o próximo passo é fazer o exame de “titulação de anticorpos neutralizantes para raiva”. Esse exame precisa ser feito com bastante antecedência da data de embarque do animal.Porem, uma vez feito, esse exame valerá para as viagens futuras.

Com o microchip e  o exame de  “neutralizante da raia”  encaminhado (esse exame leva pelo menos 3 meses para sair o resultado)  você já pode comprar a jaula de transporte que tem que atender as exigências: o seu bichinho tem que conseguir ficar em pé dentro da jaula e dar uma volta 360º.

Viajando com Seu Cachorro 5
Exame de Neutralizantes Para Raiva

 

Com as informações da jaula (medidas e peso), você entra em contato com a companhia aérea escolhida por você para avisar o transporte do animal e solicitar uma reserva no bagageiro do mesmo voo que  o seu. Eu já viajei pela Singapura Airlines e KLM Airlines com a Nini e sei que essas aceitam, mas acredito que algumas companhias aéreas não façam transporte de carga viva. Verifique essa informação antes de comprar o bilhete.

Com tudo isso resolvido você volta no seu VET e ele emite o ‘Cerificado  de Saúde’ que tem validade de 3 dias . Com esse certificado, mais o certificado de microchipagem, carteira de vacinação em dia e  exame neutralizante da  raiva você vai a VIGIAGRO da sua cidade para a emissão do CZI (ou CVI). Esse certificado é a cartada final para a autorização da viagem do seu pet. Estando todos os outros documentos em ordem o CZI é emitido e tem validade de até uma semana para vocês viajarem. Qualquer duvida, pode me perguntar  que será um prazer ajudar!

Para mais informações, vocês podem clicar aqui!

 

Nini no role

Viajando com Seu Cachorro 6
Clifton Beach, Cape Town, Africa do Sul

 

Viajando com Seu Cachorro 7
Hout Bay,Cape Town, Africa do Sul

 

Viajando com Seu Cachorro 8
Livre, leve e solta pelas ruas de Barcelona

 

Viajando com Seu Cachorro 9
Nini está aprendendo a conviver com outras espécies.

 

 

Continue Reading